24 de abril de 2018 - 04:23

Policia

04/04/2018 13:23

Investigado pelo GCCO por roubo a defensivos agrícolas é preso em Mato Grosso do Sul

Assessoria | PJC-MT

Identificado em investigações conduzidas pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil, como coautor de subtração de carga valiosa de defensivos agrícolas, um motorista de caminhão de 29 anos foi preso na cidade de Camapuã, em Mato Grosso do Sul.

A ação da Polícia Civil do Estado vizinho aconteceu no final da tarde de terça-feira (03), em razão de cumprimento de mandado de prisão, expedido pela justiça mato-grossense após representação do GCCO.

O detido M.V.P.C., 29, é apontado em inquérito policial, conduzido pela Gerência, como envolvido em ocorrência de roubo de carga de agrotóxicos avaliada em mais de meio milhão de reais. O crime foi praticado em 09 de outubro de 2017.

Na ocasião, um caminhão bitrem com a carga de agrotóxicos estava estacionado em um posto de combustível na cidade de Barra do Garças, para que o motorista pudesse pernoitar em uma parada de caminhões. Ele teria supostamente rendido por homens armados que levaram o veículo e a carga.

No dia seguinte, diante da perda do sinal do rastreador do caminhão e como não conseguiram contato com o motorista; representantes da empresa de transporte e logística procuraram o G.C.C.O. registrando a ocorrência noticiando o suposto desaparecimento do condutor do veículo e da carga roubada, o que motivou o início das investigações.

No decorrer dos trabalhos de apuração, em face dos elementos de convicção descritos nos autos que vinculam envolvimento do motorista nos fatos delitivos, a autoridade policial representou ao juízo competente da 7ª Vara Criminal de Cuiabá solicitando medidas cautelares, bem como, pela prisão dos investigados e consequente decretação da prisão do motorista M.V.P.C, que foi regularmente cumprida por policiais em Camapuã (MS).

Com o cumprimento do mandado, o motorista deverá prestar declarações esclarecendo alguns pontos da investigação além das demais circunstâncias acerca da subtração e destino da carga de defensivos agrícolas. O suspeito ficará recolhido em unidade prisional em Mato Grosso do Sul, até posteriores deliberações da justiça.


Copyright  - Nobres Noticias  - Todos os direitos reservados

Plantão
65 99217-1615