04 de junho de 2020 - 19:42

Entretenimento

EVENTO RELIGIOSO 07/03/2020 19:04

Igreja Assembleia de Deus prepara programação especial para as mulheres em março; veja fotos e programação

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Nobres preparou uma intensa programação para o mês de março, voltado ao público feminino. O Março Sempre Mulher em comemoração ao mês voltado às mulheres é coordenado pela Uniao das Senhoras da Assembleia de Deus (Usadenor), sob comando de Tania Della Rosa, esposa do pastor Thiago Della Rosa.

As comemorações iniciaram neste sábado (07) e vão até o dia 28. Na manhã de hoje, as mulheres realizaram caminhada, com o tema: Justiça pela qualidade de vida. No período vespertino o bairro Jardim Petrópolis recebeu  palestra do PR. Thiago Della Rosa,  com o tema: A mulher de Sucesso do Século . XXI e um chá especial para todas as convidadas.

No dia 13, a programação será realizada no Creas, com ações de beleza e palestra.

Já no dia 20 de março, a Promotora Rhyzea Lucia Cavalcanti, fala sobre o empoderamento da Mulher vitima de violência, na Câmara Municipal de Nobres, às 8h.

O encerramento será no dia 28, às 14h, na sede da Assembleia de Deus, com a palestra, Contribuir para elevar a auto estima, promovendo o bem estar físico, mental social e econômico das mulheres, com a Dra. Rosângela Roldan. Para fechar com chave de ouro, um desfile dos Anos 60 e coffe break com sorteio de brindes.

Em entrevista ao Nobres Noticias, Tania Della Rosa, explicou que o objetivo da extensa programação é conscientizar sobre a importância da mulher na família, na sociedade e na igreja, trabalhar a auto estima e consolidar o trabalho de evangelização.

“Inicialmente, essa data remetia à reivindicação por igualdade salarial, mas, atualmente, simboliza a luta das mulheres também contra o machismo e a violência”, lembrou Tânia que é assistente social.

O Dia Internacional da Mulher é uma data comemorativa que foi oficializada pela Organização das Nações Unidas na década de 1970. 

História do Dia Internacional da Mulher

O Dia Internacional da Mulher existe, enquanto data comemorativa, como resultado da luta das mulheres por meio de manifestações, greves, comitês etc. Essa mobilização política, ao longo do século XX, deu importância para o 8 de março como um momento de reflexão e de luta. A construção dessa data está relacionada a uma sucessão de acontecimentos.

Uma primeira história que ficou muito conhecida como fundadora desse dia narra que, em 8 de março de 1857, 129 operárias morreram carbonizadas em um incêndio ocorrido nas instalações de uma fábrica têxtil na cidade de Nova York. Supostamente, esse incêndio teria sido intencional, causado pelo proprietário da fábrica, como forma de repressão extrema às greves e levantes das operárias, por isso teria trancado suas funcionárias na fábrica e ateado fogo nelas. Essa história, contudo, é falsa e, por isso, o 8 de março não está ligado a ela.

Existe, no entanto, outra história que remonta a um incêndio que de fato aconteceu em Nova York, no dia 25 de março de 1911. Esse incêndio aconteceu na Triangle Shirtwaist Company e vitimou 146 pessoas, 125 mulheres e 21 homens, sendo a maioria dos mortos judeus. Essa história é considerada um dos marcos para o estabelecimento do Dia das Mulheres.

As causas desse incêndio foram as péssimas instalações elétricas associadas à composição do solo e das repartições da fábrica e, também, à grande quantidade de tecido presente no recinto, o que serviu de combustível para o fogo. Além disso, alguns proprietários de fábricas da época, incluindo o da Triangle, trancavam seus funcionários na fábrica durante o expediente como forma de conter motins e greves. No momento em que a Triangle pegou fogo, as portas estavam trancadas.

 

 

 

 

 

 


Copyright  - Nobres Noticias  - Todos os direitos reservados

Plantão
65 99217-1615