17 de dezembro de 2018 - 08:04

Cidades

06/07/2018 16:53

Governo assina ordem de serviço para instalar lâmpadas de LED na MT-251

Fonte: GCOM

A ordem de serviço para instalação de iluminação pública  na rodovia MT- 251,   que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, foi assinada nesta sexta-feira (06.07), durante vistoria das obras de duplicação. O projeto de iluminação compreende a colocação lâmpadas de LED no canteiro central da estrada Chapada,  estrada da Guia (MT-010), lateral da ciclovia e na trincheira.

Além de melhorar a visualição da estrada no período noturno, a iluminação trará mais segurança para motorisas, pedestres e ciclistas que passsam local.

"Não vamos inagurar obra inacabada, porque queremos atender bem ao cidadão que há muito tempo espera por estas melhorias. As lâmpadas econômicas fazem parte do pacote final e são um presente à população", afirmou o governador Pedro Taques.

Na MT-010, as lâmpadas serão instaladas entre o entroncamento da MT-251 até a Rodoanel, com extensão de 4,9 quilômetros. Já na MT-251, ficará em uma extensão de 3,6 quilômetros entre o trecho da MT- 010 até a Fundaçao Bradesco. Com a nova pavimentação, a rodovia ganhou três faixas de rolamento nos dois sentidos e quatro rotatórias.

As obras de duplicação do perímetro urbano da estrada de Chapada estão 98% concluídas e devem ser entregues nos próximos 15 dias. A trincheira que está sendo construída nas proximidades para dar mais fluidez ao trânsito, se encontra na fase de colocação das vigas. A previsão é de que seja concluída até outubro de 2018, conforme explicou o secretário de Estado de  Infraestrutura e Logística (Sinfra), Marcelo Duarte.

"Procuramos manter o projeto original para que não houvesse mudanças no traçado, e para que a rodovia de 40 metros seja usada na sua plenitude", frisou o secretário.  A estrururação de todo o complexo (duplicação, ciclovia e trincheira) está orçado em aproximadamente R$90 milhões. A ciclovia está pronta e a população já está utilizando o espaço para praticar atividades físicas.

O ciclista Kermas Henrique, apontou as mudanças após a duplicação da pista e da implantação da ciclofaixa. "Era um compartilhamento complicado, porque muitas vezes tínhamos que andar no acostamento, e mesmo assim, não conseguimos evitar acidentes. Estas obras são necessárias, assim como as que temos no Porto e na Passagem da Conceição,  incentivando a prática de esportes", disse. 


Copyright  - Nobres Noticias  - Todos os direitos reservados

Plantão
65 99217-1615