24 de setembro de 2018 - 14:18

Cidades

15/04/2018 21:59

Hospital Amparo em Rosário Oeste pede doações para não fechar

Fonte: Redação

Com atendimento precário e muita dívidas, o Hospital do Amparo, localizado na cidade de Rosário Oeste (128 km ao Norte de Cuiabá), está na iminência de fechar as portas.

A diretoria da instituição, preocupada com a situação, começa a pedir ajuda para evitar que a situação chegue ao caos total, pois nos últimos meses, muitos atendimentos deixaram de ser realizados.

A Associação Municipal de Proteção e Assistência de Rosário Oeste (Amparo) não consegue mais atender à demanda e, para evitar maiores transtornos, grande parte do atendimento,  têm sido regulados  Cuiabá.

Ao Nobres Noticias, o diretor do Hospital, Assunção Igino, explicou que a situação do Amparo não é diferente de outras unidades no Estado que enfrentam os mesmos problemas.

"Estamos sim como toda instituição filantrópica atravessando por sérias dificuldades financeiras. Mas o que hoje estamos fazendo com ajuda da população é buscando meios para resolvermos uma situação que arrasta há décadas que a regularização das certidões da instituição. Que se não forem sanadas ficamos inviabilizado de receber qualquer tipo de investimentos e até mesmo de poder negociar com empresas privadas.", relatou.

Hoje a cidade tem uma população estimada de 19 mil habitantes, a campanha para ajudar a unidade foi anunciada pelo padre Raul, durante missa na igreja São Sebastião, no centro de Nobres, na noite deste domingo (15).

 Com uma ampla história de filantropia, o hospital também sobrevive com a ajuda de voluntários, membros representantes da igreja, prefeitura e outros.

Apenas o atendimento clínico estava disponível em Rosário, o que inviabilizava outros procedimentos, devido à falta de anestesistas no hospital.

História - Com a estrutura inicial (alicerce e parte da alvenaria) construída pela prefeitura no fim de 1950, o Hospital Amparo teve a obra abandonada até o fim da década de 60. Um frei alemão da região, sensibilizado com a situação, conseguiu recursos com a comunidade local, sociedades beneficentes e outros provenientes da Alemanha, para o término da obra e, somente na década de 70 estava em pleno funcionamento.


Copyright  - Nobres Noticias  - Todos os direitos reservados

Plantão
65 99217-1615